Google+ Badge

segunda-feira, 6 de março de 2017

Paulo Preto diz a amigo que “Serra e Aloysio sabiam de tudo”

Ex-presidente do Dersa fez o desabafo nesse final de semana

O ministro das Relações Internacionais, José Serra
Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, mantém-se em silêncio em relação à acusação do doleiro Adir Assad de que teria recebido 100 milhões de reais em propinas. A um amigo próximo porém, neste último final de semana, ele deu uma declaração enigmática: “Tudo o que acontecia no Dersa era de conhecimento do Serra e do Aloysio”.  O interlocutor não entendeu se ele estava admitindo os mal-feitos, apenas dizendo que a dupla tucana conhecia os detalhes da sua administração ou ambas opções. Paulo Preto foi ex-diretor do Dersa, órgão responsável pela construção de grandes obras em São Paulo. José Serra foi governador do estado entre janeiro de 2007 e abril de 2010. Nesse período, Aloysio Nunes Ferreira era o seu secretário da Casa Civil.

Fonte: veja SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário