Google+ Badge

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Motorista de ônibus é executado com tiros nas costas no estacionamento da UnP em Mossoró-RN

Imagem
Francisco Marinho Nogueira, foi morto no Estacionamento da Universidade Potiguar em Mossoró
Um homicídio foi registrado na tarde desta quarta-feira, 12, no estacionamento da Universidade Potiguar (UNP), localizado na zona oeste de Mossoró. O motorista de ônibus Francisco Marinho Nogueira, 42 anos, que estava no local, foi morto a tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda chegou a ser acionado para o local, mas encontrou a vítima já sem vida.  Viaturas do II Batalhão de Polícia Militar também foram acionadas pelo oficial de dia, Rivelino Lopes Oliveira.

Informações colhidas no local apontam que os suspeitos chegaram à UnP, entraram por um portão nos fundos do Estacionamentoe seguiram até o ponto onde o motorista descansava ao lado do ônibus, que transporte os estudantes da instituição que vem de Areia Branca.

Os suspeitos estavam, conforme as informações divulgadas no local do crime, em uma moto e um carro do tipo Corolla. Eles usavam máscara de palhaço. Eles teriam sido visto por testemunhas que conversaram com a Policia Militar pedindo para não serem identificadas.

Como inicialmente foi dito que o motorista havia sido vítima de latrocínio (assalto seguido de morte), o delegado Luiz Fernando Sávio Eliezer dos Santos, da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos, esteve pessoalmente analisando o local da ocorrência.

Ao sair do local, Luiz Fernando declarou que é muito cedo para afirmar se foi latrocínio ou homicidio. Ele lembrou que o delegado Rafael Arraes, da Homicídios, e os agentes, também estavam no loocal fazendo os levantamentos inicias..
Ao MOSSORÓ HOJE, o comandante do II BPM, major Maxmiliano Luiz, informou que estranha o fato da instituição ter segurança armado e câmeras de segurança e ainda assim os suspeitos terem entrado no local e cometido o crime.

Ainda segundo o comandante, equipes de polícia de rua do II BPM estão em diligência buscando localizar os autores do crime.

A UnP decidiu suspender as aulas da noite desta quarta, 12. Enquanto aguardava a remoção do corpo do motorista para exames na sede do Insituto Técnico-científico de Policia (ITEP) chegaram vários familiares da vítima. Eles receberam autorização para se aproximar do local da ocorrência.

Ainda no local, vários jornalistas reclamavam da maneira grosseira que foram tratados pelo vigilante da UNP, que retirou a imprensa do local. "Os bandidos chegaram aqui armados, entraram tranquilamente, mataram o motorista e depois fugiram, aí a imprensa chega para trabalhar e é impedido pelos seguranças usando de grosseria", reclama Marcelino Neto, de O Câmera.


Fonte: Mossoró Hoje


Nenhum comentário:

Postar um comentário