Google+ Badge

terça-feira, 11 de abril de 2017

Senadores governistas vão tentar enquadrar Renan

downloadA retaliação contra a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), nomeada para presidir a poderosa Comissão Mista de Orçamento (CMO) e desnomeada no dia seguinte, será um combustível a mais para um crescente movimento pelo enquadramento do rebelado senador Renan Calheiros (PMDB-AL) como líder da bancada na reunião com o presidente do partido, Romero Jucá (RR), e os 22 senadores marcada para essa terça-feira. Em contrapartida, o presidente Michel Temer tem se reunido separadamente, sem Renan, com grupos de senadores do PMDB para esvaziar a oposição feita pelo líder contra a reforma da Previdência.
Renan só conta com o apoio fechado dos senadores Hélio José (DF), Kátia Abreu (TO) e Roberto Requião (PR). Os aliados Edison Lobão (MA), João Alberto (MA), Eduardo Braga (AM), Marta Suplicy (SP) e Jader Barbalho são citados como aliados nas críticas à reforma da Previdência, mas dificilmente votariam contra o governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário