Google+ Badge

sábado, 19 de março de 2016

No RN, Adutora do Alto Oeste deve retomar abastecimento em 13 cidades

Governo prevê que abastecimento será normalizado no mês de junho.
Obras de construção da adutora estão 98% concluídas, diz Semarh.

Do G1 RN
Barragem de Santa Cruz, em Apodi  (Foto: Anderson Barbosa/G1)Barragem de Santa Cruz, em Apodi (Foto: Anderson Barbosa/G1)












A partir de junho deste ano, moradores de 13 municípios da região Oeste potiguar estarão com o abastecimento de água normalizado em suas residências. A promessa é do governo do estado, que por meio da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos garante que a construção do subsistema da adutora do Alto Oeste (que faz captação na barragem de Santa Cruz) estará totalmente finalizada até lá. Segundo a Semarh, atualmente as obras se encontram com 98% dos serviços concluídos.

O Rio Grande do Norte enfrenta a pior seca dos últimos 100 anos. Dos 167 municípios, 153 estão em estado de emergência por causa da seca prolongada. Destes, 17 estão em colpaso, ou seja, a população só tem acesso à água por meio de caminhões pipa ou por poços artesianos. E em 74 municípios, o rodízio no abastecimento ainda garante água nas torneiras.“Concluída por completo, o impacto da obra será muito positivo e beneficiará diretamente as cidades de Itaú, Rodolfo Fernandes, Tabuleiro Grande, Riacho da Cruz, Umarizal, Olho D’água do Borges, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias, e indiretamente os municípios de Martins, Serrinha dos Pintos e Viçosa, afirmou o secretário Mairton França.
Ainda de acordo com o Mairton, a região do alto Oeste é a mais castigada com a estiagem e, por isso, está tendo uma atenção especial por parte do governo do estado. “A estação elevatória número 2 do sistema adutor, localizada no município de João Dias, está sendo energizada a partir desta sexta-feira (18). Isso vai permitir que o abastecimento em Umarizal, Riacho da Cruz e Olho D’água do Borges entre em fase de testes já a partir da semana que vem”, ressaltou.
Mairton explica que a adutora já está funcionando parcialmente porque a Semarh liberou a Companhia de Abastecimento de Águas e Esgotos (Caern) para começar a operar o sistema em alguns municípios que se encontram em colapso total de abastecimento d'água. “A estação elevatória 1, localizada em Apodi, já está em funcionamento e atendendo em fase de testes os municípios de Rodolfo Fernandes, São Francisco do Oeste, Itaú, Taboleiro Grande e a zona rural de Severiano Melo”, acrescentou.
Açude Pau dos Ferros, na região Oeste do estado, está quase vazio  (Foto: Anderson Barbosa/G1)Açude Pau dos Ferros, na região Oeste do estado, está praticamente vazio (Foto: Anderson Barbosa/G1)
Quando estiver pronta, a Adutora do Alto Oeste vai abastecer 26 municípios da região Oeste potiguar, beneficiando com água de qualidade 208 mil pessoas. Ela é composta por dois sistemas independentes. O sistema que faz captação no Açude Pau dos Ferros já foi concluído, mas ainda não está funcionamento porque o reservatório se encontra totalmente seco em razão da seca.
Chuvas abaixo do normal
As previsões para o sertanejo não são otimistas. Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), as chuvas na região Nordeste devem ficar abaixo do normal no período de março a maio deste ano. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise e Previsão Climática para o Nordeste Brasileiro, evento realizado no final de fevereiro em Natal. Gilmar Bristot, meteorologista da Emparn, disse ao G1 que as chuvas de janeiro - que foram acima do previsto - criaram uma expectativa positiva para o homem do campo, mas a previsão é mesmo de chuvas abaixo do normal. "Nós temos expectativa de chuva, mas abaixo do normal", afirmou.
Animais mortos na pista compõem o cenário no sertão potiguar (Foto: Anderson Barbosa/G1)Animais mortos nas pistas retratam o cenário de calamidade no sertão potiguar (Foto: Anderson Barbosa/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário